POSSÍVEL FINAL DO LESTE NA NOITE NATALINA?

Repetindo o que aconteceu em 2021, a NBA coloca frente a frente os dois times vistos como mais fortes da conferência para se enfrentar na rodada mais divertida da temporada regular. E se no ano passado esse jogo era dos atuais campeões contra a maior franquia da história da liga, esse ano a promessa é de uma partida com os dois favoritos ao título da conferência leste.


A rodada de Natal completinha com não só uma, mas quarto potenciais finais de conferência.


Se no ano passado um Celtics desfalcado e ainda sem identidade definida fez grande jogo apesar da derrota pros Bucks, esse ano a partida promete muito mais. Depois de uma série excelente, exaustiva e espetacular protagonizada por ambos os times nas semifinais de conferência, o reencontro de ambos no Natal, dessa vez em Boston e não na pacata Milwaukee parece um preview do que veremos numa potencial final de conferência entre os dois favoritos do Leste no momento.


A rodada de Natal do ano passado teve como protagonista um ótimo Jaylen Brown, porém Khris Middleton e Antetokounmpo ainda melhores. Jayson Tatum ficou como destaque negativo daquele jogo pelo aproveitamento pífio e Marcus Smart teve um daqueles dias que parece que ele é capaz de ganhar um jogo sozinho. O Bucks acabou vencendo no final quando a energia do Celtics esgotou, e as ausências de Al Horford e na época Dennis Schroeder fizeram muita falta.

Nos últimos playoffs, tanto Celtics quanto Bucks estavam desfalcados de jogadores muito importantes para suas rotações. Sem Khris Middleton, um dos maiores carrascos do Celtics e que sempre joga muito bem, pontua bastante e basicamente não erra contra Boston, Milwaukee perdeu seu poder de fogo e precisou muito de coadjuvantes como Pat Connaughton, Grayson Allen e Bobby Portis. Já o Celtics teve Robert Williams III completamente baleado, se mexendo muito mal e sem poder ajudar a equipe. E ainda ficou de fora de alguns jogos na série. Seu impacto foi basicamente nulo e todos sabem do que o Timelord saudável é capaz dos dois lados da quadra.

Na última temporada, alguns momentos icônicos foram criados para ambas as torcidas das duas equipes. Os 46 pontos de Jayson Tatum são inesquecíveis e tudo que ele fez na série foi espetacular. A forma como Jaylen Brown se mostrou um líder nato nas derrotas. Marcus Smart teve jogos esplêndidos honrando seu título de DPOY e muitos bons dias no ataque. Principalmente a forma que o trio carregou o time muitas vezes na série. Mas os grandes destaques daquela série vocês sabem quem foram e eu vou deixar um vídeo de cada um deles para vocês aproveitarem Big Al Horford e Game 7 Grant Williams, os caras responsáveis por marcar e limitar Giannis Antetokounmpo na medida do possível nessa série.



Apreciem o que esse homem fez e saibam que não é nada comum. 35 anos na época, muita energia na defesa, cestas e arremessos importantíssimos, além de um jogo 4 todinho dele.



E se no ano passado a rodada de Natal foi assim divertida mesmo com os diversos desfalques pela covid no Celtics, a rodada desse ano promete muito mais. Ambos os times fizeram offseasons muito boas e pontuais. Além de ter mantido a base, os Bucks trouxeram o sólido e cascudo Joe Ingles, vão contar com os veteranos Serge Ibaka e George Hill saudáveis, além de Middleton que não jogou nos playoffs mas esteve no jogo do Natal passado. Pelo lado de Boston, a manutenção da base com Rob Williams saudável já seria excelente, soma-se a isso as chegadas do ótimo e ex Milwaukee Malcolm Brogdon e do gatilho que é o italiano Danilo Gallinari. Além deles, Derrick White não estava no jogo passado de Natal, apesar de ter feito uma série um tanto quanto apagada no ataque nos playoffs. Na defesa, foi bem e do outro lado da quadra precisou de alguns jogos para realmente contribuir com pontos e passes.


Se a NBA não dá ponto sem nó, sabemos que essa rodada não foi montada à toa. Muito pelo contrário, os 4 times do leste que jogarão foram escolhidos a dedo. O primeiro jogo traz Sixers x Knicks pela mídia nova-iorquina fortíssima que o time carrega, colocando o rival da Philadelphia que é um dos times mais fortes do Leste juntamente no palco. Já o jogo de Celtics x Bucks coloca os dois melhores times, os mais capazes no papel, por sistema e talento de vencer tudo. E nada como deixar na boca dos fãs o gostinho de quero mais desse duelo pra uma pós temporada que muito provavelmente terá essas duas equipes se enfrentando. Seja numa final ou semifinal de conferência, para Boston ser campeão, será necessário não "temer as renas" novamente e atropelá-las, assim como nosso veterano mostrou como se faz.


Poesia em movimento.


E vocês, estão ansiosos para esse jogo e para essa rodada espetacular de Natal que vem por aí? Confesso que não vejo a hora de enfrentar o Grego novamente, afinal, confio no meu time!


Love and Trust.




4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo