MARCUS SMART: "O QUE APRENDEMOS NAS FINAIS..."

O Boston Celtics tem sido um dos melhores times da Conferência Leste na última meia década, mas sempre enfrentou problemas durante os playoffs. A equipe teve algumas derrotas pelas mãos de LeBron James e do Cleveland Cavaliers, e depois perdeu para várias equipes fortes na conferência no Milwaukee Bucks, Miami Heat e Brooklyn Nets.


Em 2022, os Celtics venceram todas as 3 equipes nos playoffs para chegar às finais, no entanto, eles não tiveram força suficiente para superar Stephen Curry e o Golden State Warriors. O armador do Celtics, Marcus Smart, conversou com a CLNS Media sobre a participação nas finais e quais lições que ele e a equipe tiraram dessa derrota.


“Você ouve isso o tempo todo, é uma lição, mas é difícil quando você tem que aprender ela da maneira mais difícil”, disse Smart.
“Aprendemos muito com nossa experiência e, infelizmente, tivemos que perder para isso, mas agora sabemos o que é preciso para estar lá, o estresse que isso exige de você, mentalmente, fisicamente e emocionalmente. Você meio que descobre quando não pode ficar muito animado com isso, como jogar e como se manter calmo. Foram muitos fatores que aprendemos individualmente e como um grupo com a derrota... é difícil ter que aprender da maneira mais difícil... mas isto ainda foi novo para nós, então os caras estão realmente apenas tentando descansar agora, mas for a hora conversaremos sobre tudo o que aconteceu, mas agora estamos apenas nos dando um tempo.”

O Boston Celtics está preparado para retornar às finais da NBA?

O Celtics manteve seu núcleo unido depois pular fora de uma troca por Kevin Durant, o que é um bom presságio para a equipe. Eles não apenas têm o mesmo elenco base da temporada passada que agora voltarão mais experiêntes, mas também resolveram o maior problema do elenco e adicionaram um reserva confiável para comandar a segunda unidade em Malcolm Brogdon.


Se a equipe pode continuar jogando em seu estilo intenso sob o comando do técnico Ime Udoka, não há razão para o temer o fracasso na temporada, considerando o aumento de nível nas franquias da conferência leste, Marcus Smart espera que as lições aprendidas nas finais da NBA de 2022 possam ser mantidas, para que possam obter outra chance de chegar as finais da NBA e disputar o troféu Larry O'Brien.

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo