AVALIAÇÃO PRÉ-TEMPORADA: A IMPORTANCIA DE BROWN SERÁ COLOCADA A PROVA

O Boston Celtics ficou a apenas duas vitórias de vencer as finais da NBA de 2022. Foi um final doloroso para uma temporada fantástica, e a equipe não teriachegado perto dessa fase dos playoffs sem o impressionante desempenho do ala titular Jaylen Brown .


Brown foi o melhor jogador do Celtics nas finais, com média de 23,4 pontos e 7,3 rebotes em seis jogos contra o Golden State Warriors. A estrela de 24 anos fez o possível para manter a temporada do Boston viva no jogo 6 com uma explosão de 34 pontos, mas no final das contas isso não foi suficiente para impedir que os Warriors conquistassem o título. Brown deu grandes passos em seu jogo na última temporada, tornando-se um jogador mais completo e um líder dentro e fora da quadra. No entanto, ainda há muitas áreas de seu repertório que precisam ser aprimoradas. Como Brown pode levar seu conjunto de habilidades a um ou dois níveis ainda mais alto? Continuamos nossa série de avaliação de pré-temporada, destacando as realizações de Brown e suas possíveis áreas de melhoria.


Estatísticas de Brown em 2021-22

Temporada regular: 23,6 ppg, 6,1 rpg, 3,5 apg, 1,1 spg, 47,3% FG, 35,8% 3PT (66 jogos)

Pós-temporada: 23,1 pgg, 6,9 rpg, 3,5 apg, 1,1 spg, 47% FG, 37,3% 3PT (24 jogos)


Situação do contrato de Brown

Brown está entrando no terceiro ano de seu contrato de quatro anos que foi assinado em 2019 por 106 milhões de dólares. Seu salário base para 2022-23 é de 26.669.643.


Brown é elegível para extensão neste verão, mas faz mais sentido financeiro para ele esperar porque ele pode ganhar mais dinheiro mais perto de quando seu contrato atual expirar em 2024.


Qual será o papel de Brown no Celtics de 2022-23?

Jayson Tatum se estabeleceu firmemente como a opção número 1 dos Celtics com uma tremenda temporada 2021-22 que resultou em uma seleção para o time principal da NBA. Brown completa Tatum extremamente bem como a opção número 2 de Boston.


Devemos esperar que Brown continue preenchendo esse papel no futuro próximo. Isso não significa que Brown não possa ser o número 1 em muitos jogos ou dar arremessos no final do quarto período. Ele mostrou em várias ocasiões que pode converter arremessos importantes quando os arremessos de seus companheiros não estão caindo.


Jaylen Brown is a perfect 4-4 FGM in Q4🔥 The @celtics have cut the lead to 3 on ABC pic.twitter.com/5iksJd1Emd — NBA (@NBA) June 3, 2022

Fora da quadra, Brown provou ser bastante valioso para o Celtics com sua liderança e positividade, especificamente durante as baixas de novembro e dezembro, quando Boston estava fora dos playoffs e realmente lutando. Sua fé inabalável e firme crença de que esta equipe do Celtics poderia ser especial foi um grande catalisador na notável reviravolta na segunda metade da temporada que todos testemunhamos.


A temporada 2022-23 de Brown será um sucesso se ...

... Os Celtics conquistar o título e Brown retornar ao status de All-Star.


Os Celtics finalmente chegaram às finais da NBA depois de perder nas finais da Conferência Leste três vezes anteriores na carreira de Brown. Agora que os C's experimentaram como é o gosto das finais e o desgosto que vem de perder a série, deve haver muita motivação para Brown ajudar Boston a voltar a esse nível e terminar o trabalho.


Em última análise, é sobre isso que os Celtics e Brown serão julgados nesta temporada, o alvo foi definido e é tudo sobre 18º Banner.


Dito isto, voltar ao nível All-Star deve ser um objetivo para Brown, ele fez sua primeira aparição no All-Star Game em 2020-21 como reserva e não foi selecionado na temporada passada. Brown é talentoso o suficiente para estar nesse nível durante todo o seu auge. Chegar a um ponto em que ele seja consistentemente um All-Star deve ser algo que o ala versátil pode alcançar.


Maiores obstáculos para o sucesso de Brown

Turnovers.


Muitas vezes na última temporada, e especialmente contra times físicos como o Milwaukee Bucks e o Miami Heat, Brown driblava até a cesta e perdia a bola quando os defensores tentavam atrapalhar seu ataque. Brown tem que ser mais forte driblando para a cesta e não manter a bola tão baixa onde os adversários podem rouba-la.


O jogador de 25 anos é um atleta explosivo e finaliza muito bem quando chega à cesta. Mas houve muitas vezes na última temporada em que ele não conseguiu chegar ao aro porque os defensores forçaram a bola durante seu drible ou depois que ele pegou a bola.


Brown teve quatro ou mais turnovers em 10 de seus 24 jogos de playoffs na última temporada. Corrigir esse problema permitirá que Brown obtenha pontos para a equipe e provavelmente mais tentativas de lances livres também.


Resumo

Não há dúvida de que Brown pode levar sua produção a um nível mais alto. Ele está batendo na porta de 25 pontos por jogo nas últimas duas temporadas e, a menos que as lesões sejam um fator impactante para ele, ele pode facilmente atingir essa marca na próxima temporada.


Um aumento na porcentagem de arremessos de 3 pontos desempenharia um papel importante para atingir ao nível dos 25 pontos por jogo. O aproveitamento de 3 pontos de Brown caiu para 35,8% na temporada passada, sua pior taxa desde 2018-19. Colocar esse número de volta na faixa de 38 a 40 por cento seria o primeiro passo para a melhora na produção ofensiva de Boston.


Uma área em que Brown pode se desenvolver mais é como playmaker. Sua capacidade de derrotar os adversários no drible com seu atletismo deve criar muitas oportunidades para arressos abertos do perímetro para os demais jogadores. Melhorar seus companheiros de equipe é uma marca registrada de todas as estrelas de primeira linha da liga.

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo